Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Guerra volta a treinar e se aproxima de retorno ao Palmeiras

Quase três meses depois de cirurgia no pé esquerdo, venezuelano participa de trabalho com a equipe

O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2018 | 20h00

O meia venezuelano Alejandro Guerra voltou aos treinos do Palmeiras na tarde desta sexta-feira. O venezuelano estava afastado há quase três meses, quando se afastou para fazer uma cirurgia nos ligamentos do pé esquerdo, e retornou a trabalhar com o grupo normalmente, sem limitações de movimento. O jogador estará a disposição do time nos próximos compromissos.

O camisa 18 se machucou na derrota por 3 a 2 para o Sport, no Allianz Parque, em 26 de maio, pelo Campeonato Brasileiro. Os médicos corrigiram o problema dele com a colocação de pinos no pé esquerdo. Foi necessário também uma outra intervenção cirúrgica para a retirada dos instrumentos.

Guerra integrou trabalho em campo reduzido com os companheiros que não foram titulares na quinta-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, no Pacaembu, pela Copa do Brasil. A atividade teve primeiramente movimentações em campo reduzido, para depois o grupo ser dividido por posições e aprimorar fundamentos específicos de cada posição, como finalizações ou lançamentos.

Os titulares ficaram na academia e fizeram trabalho regenerativo. O time volta a treinar na manhã de sábado, na Academia de Futebol, em atividade sem a presença da imprensa. Após o almoço a delegação embarca para Salvador, onde no domingo enfrenta o Vitória, em Salvador, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.