Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Guerra volta a treinar no Palmeiras e fica à disposição para os próximos jogos

Venezuelano trabalha com o grupo após ter sofrido fraturas no nariz e lesão no quadril enquanto atuava pela seleção

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2017 | 11h14

O técnico Eduardo Baptista deve ganhar mais uma opção para armar o setor ofensivo do Palmeiras. Nesta terça-feira o meia venezuelano Alejandro Guerra voltou a treinar com o elenco no trabalho pela manhã na Academia de Futebol. O jogador esteve fora do time depois de ter se reapresentado na última semana com duas fraturas no nariz e um problema no quadril sofridos durante a participação com a Venezuela nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Guerra integrou o trabalho em campo reduzido sem demonstrar limitação de movimentos, nem máscara de proteção para o nariz. O meia sofreu as lesões no jogo contra o Peru, em Maturín, e desfalcou o Palmeiras na vitória por 3 a 1 sobre o Novorizontino, no último domingo, pelo Campeonato Paulista. Porém, como retomou os trabalhos, deve ser relacionado para o jogo de volta pelas quartas de final, na sexta-feira, no Pacaembu, contra o mesmo adversário.

A equipe voltou aos treinos nesta terça depois da folga na segunda-feira com outra novidade no gramado, a presença do lateral-direito Jean. O jogador sofreu uma fissura no pé direito no clássico com o Santos, no dia 19, e começou o trabalho de transição para o gramado, ao realizar um trabalho específico com os preparadores físicos. O retorno dele às partidas deve ser apenas nas próximas semanas.

O atacante Dudu foi poupado da atividade e fez apenas corridas pelo gramado. O atacante, autor de um dos gols da vitória, sofreu uma pancada e, por isso, realizou somente um trabalho leve.

Para o jogo com o Novorizontino, o Palmeiras vai contar, além com o possível retorno de Guerra, das presenças do lateral-esquerdo Zé Roberto e do zagueiro Vitor Hugo. A dupla cumpriu suspensão no domingo, contra o Novorizontino, e volta a ficar à disposição. Por outro lado, o atacante Róger Guedes levou o cartão vermelho e terá ficar fora da partida de sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.