Gilvan De Souza / Flamengo
Gilvan De Souza / Flamengo

Guerrero adota cautela sobre titularidade no Flamengo: 'Decisão é do treinador'

Técnico afirma que meia Diego pode ficar no próximo jogo, diante da Chapecoense

Estadão Conteúdo

11 Maio 2018 | 09h02

Guerrero teve o nome gritado pelos torcedores no Maracanã e entrou no segundo tempo da partida, mas também pouco fez no empate sem gols do Flamengo com a Ponte Preta quinta-feira pela Copa do Brasil. O resultado, no entanto, garantiu o time rubro-negro nas quartas de final da competição.

+ Paquetá exalta trabalho de Barbieri no Flamengo e crava: 'Para nós, é efetivo'

+ Diego Alves celebra sequência do Flamengo sem sofrer gols e exalta Barbieri

A classificação veio graças à vitória no jogo de ida, em Campinas, por 1 a 0. Após confirmar a vaga, o centroavante peruano falou sobre sua situação e evitou pedir uma vaga entre os titulares. No duelo anterior, na vitória por 2 a 0 sobre o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, ele também começou no banco.

"A cada jogo vou melhorando. Minutos de jogo e cada treino são importantes. Dou o máximo para estar bem. A última decisão sempre é do treinador", afirmou. Guerrero ficou seis meses afastado dos gramados após ter sido flagrado no doping. Agora tenta retomar o ritmo de jogo de olho na Copa do Mundo da Rússia.

O técnico Maurício Barbieri também não deu pistas se Guerrero voltará a ser titular na próxima partida. No domingo, a equipe visita a Chapecoense, na Arena Condá, pela quinta rodada do Brasileirão.

"Vamos avaliar os jogadores agora para ver se alguém está desgastado, se há risco de lesão. Assim decidiremos se vamos poupar alguém. Estamos avaliando também os atletas que voltam de lesão e o departamento médico poderá liberá-los ou não para domingo", concluiu.

Um dos jogadores que podem voltar do departamento médico é o meia Diego. "Ele vem evoluindo, treinou hoje (quinta) de manhã, mas só posso responder quando ele volta depois do treino de amanhã (sexta-feira). Seria um risco ficar no banco contra a Ponte Preta. Mas será avaliado e tem chance de viajar para o jogo contra a Chapecoense", admitiu o treinador.

O Flamengo é o líder do Campeonato Brasileiro, com dez pontos, dois a mais do que o Palmeiras, o segundo colocado. Na Copa do Brasil, o time rubro-negro agora aguardará o sorteio das quartas de final para conhecer seu próximo adversário.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Flamengo Guerrero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.