José Patricio/Estadão
José Patricio/Estadão

Guerrero deixa treino do Corinthians mancando e permanece sendo desfalque

Afastado por conta de uma fissura no pé, jogador sente dores e não deve enfrentar o Grêmio

Fábio Hecico, Agência Estado

21 de outubro de 2013 | 11h28

SÃO PAULO - Durou meia hora a chance de Paolo Guerrero reforçar o Corinthians contra o Grêmio, quarta-feira, em Porto Alegre, em jogo decisivo das quartas de final da Copa do Brasil. Depois de cerca de 30 minutos treinando com bola na manhã desta segunda-feira, o peruano deixou o gramado do CT do Parque Ecológico mancando.

Guerrero estava com uma fissura no pé esquerdo e sequer esteve com a seleção peruana nas duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa. A expectativa era que ele voltasse ao time corintiano no último sábado, contra o Criciúma, mas o atacante sequer viajou com a delegação para Itu. Nesta segunda, o peruano participou de um mini-coletivo envolvendo os jogadores que não atuaram no interior e os reservas, mas não passou no teste. Deixou o gramado com dores, acompanhado do médico Guilherme Runco.

Outros dois jogadores titulares são dúvida para enfrentar o Grêmio. Cássio precisou ser substituído ainda no começo do jogo contra o Criciúma, com dores musculares, e vai fazer exame na tarde desta segunda para saber a gravidade da sua lesão. Fábio Santos, que também teve dores e deixou mais cedo o jogo em Itu, treinou na academia e tenta se recuperar para atuar na quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.