Guerrero diz que 'seria lindo' ter Farfán como companheiro no Flamengo

A imprensa peruana requentou nesta quarta-feira uma especulação que ocupou o noticiário há dois meses: o interesse do Flamengo na contratação de Jefferson Farfán. Questionado a respeito da possibilidade de transação, o atacante Paolo Guerrero fez campanha para jogar ao lado do amigo na Gávea.

Estadão Conteúdo

25 de maio de 2016 | 19h05

"Não sei bem sobre isso, mas eu gostaria. No Flamengo? Seria lindo", disse Guerrero em entrevista coletiva após treino com a seleção peruana. O jogador, contestado pela torcida, também disse que pretende cumprir até o fim seu contrato com os cariocas, que vence em 2018.

Farfán perdeu metade da temporada passada por conta de uma lesão no tornozelo e só fez um jogo este ano, pela seleção do Peru. O atacante, que brilhou pelo Schalke 04, da Alemanha, defendeu o Al Jazira no ano passado. O contrato dele com o time árabe se encerrou e ele está livre no mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.