André Lessa/AE
André Lessa/AE

Guerrero e Martínez são vetados e Tite manterá ataque do Corinthians

Peruano ainda sente o tornozelo direito e argentino está com problemas musculares

Vítor Marques, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 13h17

SÃO PAULO - O técnico Tite confirmou nesta terça-feira que o peruano Guerrero e o argentino Martínez estão vetados do duelo contra o Fluminense, nesta quarta, às 22 horas, no Engenhão, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Com isso, o treinador confirmou a manutenção do ataque do Corinthians com Emerson e Romarinho, que enfrentaram o São Paulo no último domingo, no Pacaembu.

O comandante explicou que Guerrero ainda sente o tornozelo direito e Martínez está com problemas musculares, sendo que o argentino entrou no lugar de Douglas no decorrer do duelo com o São Paulo e o peruano não jogou o clássico.

"Conversei com Paolo (Guerrero) antes. Tentamos no treino ontem (segunda) à tarde. Quando faz arrancada e depois tem de frear, sente a perna. Está fora do jogo. Martínez também está fora, sentiu o adutor da coxa esquerda", avisou Tite, em entrevista coletiva, na qual destacou a importância também de o Corinthians evoluir na parte defensiva a partir desta quarta-feira.

O time fez três gols nas últimas duas partidas, mas ao mesmo tempo tomou cinco nas derrotas por 3 a 2 para o Santos e por 2 a 1 para o São Paulo. "Temos de manter o desempenho ofensivo dos dois últimos jogos, com mais ajustes na defesa. Não é normal tomar os gols que tomou, mas não podemos analisar só os dois últimos jogos e sim o desempenho geral da equipe, que nos últimos 11 jogos ficou nove sem perder. O time errou e no erro que teve, que precisa ser ajustado, acabou perdendo", completou o treinador, ao falar dos dois últimos clássicos disputados pela equipe.

Para Tite, o mais importante é o time recuperar o seu padrão de jogo, que acabou consagrando a equipe na campanha do título da Copa Libertadores, no qual o time foi campeão de forma invicta e com uma marcação muito eficiente em todos os setores do campo. "O Corinthians tem uma forma de jogar, como fez na Libertadores. Marca na frente quando está a bola lá, na frente e atrás. É preciso uma compactação um pouquinho maior, sem dar ao adversário o contra-ataque", enfatizou.

Diante do Fluminense, porém, Tite não poderá repetir a zaga titular formada por Chicão e Paulo André, este último suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Wallace entrará na equipe, que nesta quarta tentará deixar a 12.ª posição do Brasileirão, após estacionar nos 24 pontos nas duas últimas rodadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.