Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Guerrero é suspenso e perde clássicos contra Palmeiras e Santos

Julgado pelo STJD nesta quarta-feira, atacante do Corinthians empurrou o juiz Leandro Bizzio Marinho em jogo pela Copa do Brasil

O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2014 | 16h55

 O atacante Paolo Guerrero perderá dois clássicos, contra o Palmeiras e Santos, pelo Campeonato Brasileiro, por causa de  uma suspensão imposta pelo STJD. O jogador do Corinthians recebeu uma punição de três jogos em julgamento no Pleno do STJD realizado nesta quarta-feira no Rio de Janeiro. A decisão é final: não cabe mais recursos.

Guerrero foi denunciado pelo empurrão no árbitro Leandro Bizzio Marinho, num lance que foi comparado ao do meia Petros. O jogo foi disputado pela Copa do Brasil, contra o Bragantino, nas oitavas de final. Como o Corinthians já foi eliminado, a pena será cumprida em jogos pelo Campeonato Brasileiro.

No lance, Guerrero não foi expulso, portanto, ele não cumpriu nenhuma suspensão automática. Os jogos que Guerrero não poderá atuar são: Palmeiras (25/10), Coritiba (1/11) e Santos (9/11). Nesta quarta-feira, o Corinthians enfrenta o Vitória, em Cuiabá. Ele já não poderia atuar esta noite porque está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.


Guerrero já havia sido julgado pelo empurrão no árbitro Leandro Bizzio Marinho. Em primeira instância, ele foi absolvido. Mas a procuradoria do STJD recorreu, por isso houve um novo julgamento. Ele foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva: pena mínima de 180 dias. O advogado do clube conseguiu que o atacante fosse enquadrado num artigo mais leve (258). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.