Silvio Avila/EFE
Silvio Avila/EFE

Guerrero marca em estreia, Inter vence Caxias de novo e está na final do Gaúcho

O peruano não jogava desde julho de 2018 e foi fundamental para a classificação do time

Redação, Estadao Conteudo

06 de abril de 2019 | 19h10

Sem grandes problemas, o Internacional garantiu a vaga na decisão do Campeonato Gaúcho. O time colorado retornou à final do Estadual ao derrotar o Caxias por 2 a 0, com um dos gols marcado pelo estreante Guerrero, na tarde deste sábado, no Beira-Rio, em Porto Alegre, no confronto de volta das semifinais.

Como havia vencido o jogo de ida, em Caxias do Sul, por 2 a 1, o Inter selou a classificação com dois triunfos. Agora, a equipe espera a outra semifinal, disputada entre Grêmio e São Luiz, neste domingo, para conhecer seu adversário na luta pelo título. Antes da decisão, porém, o Inter tem compromisso pela Libertadores. Na terça-feira, a equipe recebe o Palestino, do Chile, às 21h30, no Beira-Rio.

A torcida do Inter teve motivos de sobrar para comemorar dentro e fora de campo. Isto porque o clube preparou uma série de comemorações pelos 50 anos do estádio Beira-Rio. O ex-atacante Valdomiro, autor do primeiro gol do local, foi um dos homenageados.

Dentro de campo, a novidade ficou por conta da estreia de Guerrero. Contratado no ano passado, mas impossibilitado de entrar em campo por causa de uma suspensão por doping, o peruano começou entre os titulares. Ele não jogava desde julho de 2018, mas aguentou jogar por 60 minutos e deixou sua marca em cabeçada no primeiro tempo.

Quando a bola começou a rolar foi o argentino Sarrafiore quem chamou a responsabilidade. De fora da área, ele obrigou o goleiro Luis Cetin a trabalhar aos 21 minutos, na primeira chance de gol.

Além de enfrentar problemas com o entrosamento, já que foi a campo com um time recheado de reservas, o Inter viu o adversário controlar a posse de bola, mas sem conseguir finalizar. Chegando pouco ao campo de ataque, os colorados aproveitaram bem a oportunidade que tiveram para abrir o placar. Aos 36 minutos, Camilo cobrou escanteio e Guerrero subiu entre dois marcadores para balançar as redes, de cabeça.

Ainda no primeiro tempo, o Caxias teve a chance de empatar em cabeçada de Bruno Alves, mas a bola passou por cima da meta. Depois disso, no segundo tempo, o time da Serra Gaúcha voltou fazendo pressão e assustou Lomba antes do primeiro minuto. Bruno Alves recebeu cruzamento da esquerda e bateu cruzado. A bola passou perto da trave e foi para fora.

A resposta do Inter veio aos oito minutos com Sarrafiore. Depois de cruzamento de Uendel, o meia, dentro da pequena área, com o goleiro caído, carimbou a trave, desperdiçando oportunidade incrível.

Já sem Guerrero em campo, substituído aos 15 minutos por Johnatan Alvez, o Inter ampliou aos 23. Em contra-ataque, Guilherme Parede recebeu lançamento de Marcelo Lomba, invadiu a área e finalizou no contrapé de Luis Cetin.

E a vantagem de 2 a 0 deixou o Inter em uma situação ainda mais cômoda para ir à decisão, enquanto o Caxias precisava de uma improvável reação para seguir vivo na competição, da qual acabou dando adeus neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.