Gilvan de Souza|Divulgação
Gilvan de Souza|Divulgação

Guerrero nega polêmica e diz que xingou a si mesmo em jogo contra o Sport

Atacante diz estar se 'esforçando para dar certo' no Fla

Estadão Conteúdo

16 de maio de 2016 | 20h36

O atacante Paolo Guerrero negou qualquer polêmica nesta segunda-feira, dois dias depois da estreia do Flamengo no Brasileirão, contra o Sport. Criticado por supostamente ter xingado um torcedor ao deixar o gramado, o jogador disse que xingou a si mesmo, por estar insatisfeito com sua atuação na partida disputada em Volta Redonda.

"Às vezes um jogador não sai satisfeito quando é substituído e isso aconteceu comigo. Meu objetivo era fazer um gol pelo menos, mas não consegui e saí um pouco chateado de campo. Eu xinguei a minha própria pessoa por não ter atingido meu objetivo", explicou o atacante, que estava sendo criticado por supostamente xingar um torcedor, após receber vaias.

Apesar da vitória por 1 a 0, Guerrero admitiu que segue insatisfeito com sua performance no Flamengo. Ele disse não saber a causa da irregularidade e evitou comparar sua passagem pelo Corinthians, quando foi decisivo em diversas partidas.

"Não tenho como falar. O que sei é que estou me esforçando para dar certo. Vou tentar fazer gols quando tiver oportunidade. Enquanto isso vou ajudar os companheiros. Estou me sentindo feliz, este ano muitas coisas melhoraram aqui no Flamengo. A comparação não me chateia porque chegar um novo clube é difícil. A adaptação às vezes demora um pouco", comentou.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.