Guerrero volta a treinar e deve enfrentar Brasil na estreia do Peru na Copa América

O atacante Paolo Guerrero voltou parcialmente aos treinamentos da seleção peruana de futebol nesta segunda-feira, após uma lesão no tornozelo, e deverá ter condições de estrear na Copa América contra o Brasil, disse o médico da equipe.

REUTERS

08 de junho de 2015 | 17h48

Guerrero, de 31 anos, saiu de campo com muletas no treino de sábado depois de ser atingido por um jogador da seleção sub-22, o que provocou uma torção leve.

"Fez um pouco de exercício e deve chegar bem para a partida do fim de semana. Felizmente Paolo tem uma boa evolução e é muito provável que possa jogar", afirmou o médico da seleção, Julio Segura, à rádio local Ovación.

No treino de segunda-feira, Guerrero, artilheiro da Copa América de 2011, foi visto correndo ao redor do campo, segundo imagens transmitidas pela televisão. "Clinicamente, Paolo está bem, a parte física e futebolística depende do comando técnico", disse Segura.

O Peru estreará contra o Brasil no domingo, pelo Grupo C, e depois enfrentará Venezuela e Colômbia.

Guerrero, que trocou o Corinthians pelo Flamengo recentemente, é o maior goleador em atividade da seleção peruana com 21 gols e está a cinco de igualar a marca de Teófilo Cubillas.

(Reportagem de Marco Aquino)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTGUERREROTREINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.