Guilherme deve ficar mesmo em Minas

O atacante Guilherme disse nesta terça que aumentaram as chances dele permanecer no Atlético-MG. De acordo com o artilheiro, que está negociando uma redução salarial, conforme imposição do clube mineiro, a reunião que teve com a diretoria na segunda-feira foi bastante produtiva. "A reunião foi melhor do que eu esperava. Fiquei até surpreso. Na verdade, aumentaram as chances da minha permanência", observou o jogador, após o treinamento no CT de Vespasiano, região metropolitana da capital mineira.Guilherme está sendo pretendido pelo Corinthians, que iniciou negociações com os dirigentes do Galo. Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do clube mineiro, Alexandre Kalil, as conversas não "andaram". Uma definição deverá ocorrer nesta quarta, de acordo com o dirigente. "Se amanhã não andar, eu descarto (a ida de Guilherme para o Parque São Jorge)".A liberação de Guilherme dependeria de um compromisso do clube paulista de assumir parte da dívida do Atlético com o jogador, valor estimado em R$ 600 mil.Kalil confirmou que o Atlético está interessado em três zagueiros: Batata, do Corinthians, Rogério Pinheiro, do São Paulo, e Álvaro, do Las Palmas, da Espanha, que no ano passado disputou o Brasileiro pelo Atlético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.