Guilherme deve ir para o exterior

O presidente do Atlético-MG, Ricardo Annes Guimarães, disse hoje que o atacante Guilherme, que está se desligando do clube, está próximo de acertar sua transferência para uma equipe do exterior. A informação é que o destino do artilheiro do Galo, pretendido pelo Corinthians e Flamengo, seria algum clube da Alemanha ou da França, de acordo com Virgílio Alves Júnior, irmão e procurador do jogador. O próprio Guilherme já confirmou ter recebido uma proposta do futebol francês, mas se negou a revelar o nome do clube interessado. "Ele sai em comum acordo com o Atlético e provavelmente já tem alguma coisa bem adiantada de algum clube do exterior", disse Guimarães, salientando que o jogador deverá ser emprestado. "Não apareceu nenhuma proposta de venda não". Guilherme teria feito uma proposta alta - cerca de R$ 80 mil mensais - para se transferir para o Parque São Jorge e segundo informações da imprensa carioca estaria sendo pretendido também pelo Flamengo. Durante reunião na última quinta-feira, Guilherme negociou uma dívida que possui com o Atlético, estimada em R$ 600 mil. Para permanecer no Galo, o jogador seria obrigado a se enquadrar à política de redução de custos do clube mineiro, que estipulou um teto salarial de R$ 50 mil dentro do grupo de jogadores. Aos 28 anos, Guilherme é o maior artilheiro do Atlético em atividade. Nos três anos que vestiu a camisa alvinegra, desde quando foi contratado ao Vasco, em julho de 1999, o atacante marcou 111 gols, em 163 partidas disputadas. Carlos Miguel - Ricardo Guimarães acredita que, com a renovação promovida no elenco, a volta de Kim e a permanência de Marques, o Atlético "está bem servido na posição" e não haverá a necessidade de contratação de outro jogador para o ataque. Além dos dois, os atacantes Renaldo, Júlio César e Gil, recentemente promovido do time de juniores para o profissional, compõem o grupo do Galo para a disputa da competição nacional. Segundo Guimarães, o Atlético procura apenas por um meia-ofensivo para a disputa do Brasileirão. Os nomes de Carlos Miguel, do Internacional-RS, e Souza, do São Paulo, já foram ventilados e estariam nos planos do clube mineiro. O primeiro tem chances maiores de chegar a um acerto com o Atlético, admitiu o dirigente. "O Carlos Miguel pode sim integrar e enquadrar nessa categoria, desde que a gente consiga fazer um acerto salarial e ele se adapte às condições do Atlético". Existe, porém, a possibilidade de o zagueiro Álvaro, do Las Palmas, da Espanha, que no ano passado disputou o Brasileiro pelo Galo, retornar ao clube para a disputa da competição deste ano.

Agencia Estado,

02 Agosto 2002 | 16h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.