Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Guilherme Parede minimiza derrota do Inter no Gre-Nal: 'Não tem nada errado'

Reservas do colorado são derrotados por suplentes do rival, pelo Campeonato Gaúcho

Redação, Estadão Conteúdo

17 de março de 2019 | 22h18

A derrota por 1 a 0 no clássico com o Grêmio, com os dois times atuando com reservas, encerrou uma sequência de seis jogos sem derrotas do Internacional no Campeonato Gaúcho, além de ter jogado o time da segunda para a terceira colocação. Para o atacante Guilherme Parede, o momento não é de alarde, até pelo fato de o time ter atuado com um a menos desde os 26 minutos do primeiro tempo, quando Nonato foi expulso.

"A gente fez um bom jogo. Claro que não é desculpa, mas com um a menos tem que correr mais, tem que lutar mais. Isso fez com que a gente tomasse o gol. Mas segue o trabalho. Não tem nada de errado, o trabalho é bom. Vamos continuar lutando e seguir em frente", afirmou.

O zagueiro Emerson Santos reforçou a dificuldade em jogar com um a menos, mas fez uma avaliação positiva da atuação do Inter. Ele também apontou que a partida foi decidida nos detalhes.

"Faltaram os detalhes ali na frente, a gente não consegui concluir. Mas acredito que a gente fez um bom jogo, mesmo com um jogador a menos. Não tem o que lamentar, tem que levantar a cabeça porque quarta-feira a já tem outro jogo", avaliou Emerson.

Terceiro colocado, com 19 pontos, o Inter pode terminar a primeira fase do estadual no máximo em segundo lugar e tem o risco de perder apenas uma posição. Na rodada final, recebe o Novo Hamburgo, no Beira-Rio, às 21h30 desta quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.