Guimarães diz que Costa Rica perdeu por seus próprios erros

O brasileiro naturalizado costarriquenho Alexandre Guimarães, técnico da Costa Rica, atribuiu a derrota de 2 a 1 para a Polônia - nesta terça-feira, em Hannover - a dois erros de atenção de seu sistema defensivo. "Tivemos mais a posse da bola e a equipe foi bem na hora de entrar na área do adversário. Mas ficamos atrás no placar por duas jogadas de desatenção da defesa", explicou.O treinador disse que os poloneses jogam pior contra seleções latinas (que tocam mais a bola), do que contra outras que atuam pressionando mais, como a Alemanha. "Porém, eles não ficaram nervosos, agüentaram em campo e tiveram suas chances no fim", falou Guimarães."Agora tem que manter o mesmo trabalho que nos classificou para duas Copa seguidas. É evidente que esta geração (de jogadores) acabou e agora temos de buscar uma mais nova e mais forte e acho que os juvenis que levei a este mundial (Gabriel Badilla e Cristian Bolaños) foram muito bem", concluiu o técnico, já fazendo planos para o futuro após deixar a Alemanha com três derrotas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.