Gullit vai chefiar proposta de Holanda e Bélgica por Copa

O ex-capitão da seleção holandesa Ruud Gullit foi escolhido o presidente da proposta conjunta de Holanda e Bélgica para sediar a Copa do Mundo de 2018 ou 2022, disse nesta terça-feira a federação holandesa.

THEO RUIZENAAR, REUTERS

09 de fevereiro de 2010 | 16h50

"Com sua reputação e exposição, Ruud Gullit vai significar muito para a nossa candidatura", disse Harry Been, chefe-executivo da proposta, ao site da federação holandesa.

"Gullit tem uma história enorme no futebol e conhece questões que nós poderemos usar. Durante a apresentação de dezembro na Cidade do Cabo, Gullit mostrou ser um tremendo embaixador, que confia nas nossas chances e está comprometido."

A Fifa vai anunciar a cidade-sede das Copas do Mundo de 2018 e 2022 em dezembro de 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTHOLANDAGULLITDIRIGENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.