NILTON FUKUDA/ Estadão
NILTON FUKUDA/ Estadão

Gustavo fica perto de estender contrato com o Corinthians até 2022

Vínculo atual do artilheiro, autor de oito gols em 11 jogos, vai até o final de 2020

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2019 | 19h32

O atacante Gustavo deixou encaminhada a renovação de seu contrato com o Corinthians até dezembro de 2022. O vínculo atual vai até 2020. Na última quarta-feira, o clube apresentou uma proposta de renovação de contrato e aumento salarial para o jogador. Nesta quinta-feira, uma nova reunião realizada entre os representantes do atleta e a diretoria do clube foi positiva. Falta apenas a assinatura do novo vínculo. A multa rescisória é de 50 milhões de euros (R$ 210,89 milhões).

O sucesso de Gustagol neste início de temporada - ele marcou oito gols em 11 jogos - foi fundamental para a diretoria valorizar o atacante e se apressar para estender o vínculo. O tempo de contrato havia sido o ponto de maior divergência.

"É difícil acreditar em tudo que está acontecendo na minha vida, mas tenho que agradecer a Deus e aos meus familiares, que dão total apoio a mim. Trabalhei muito, depois que ouvi do presidente que eu voltaria, me agarrei nessa frase dele e trabalhei nas férias para voltar bem", disse o atacante em entrevista coletiva na Arena Corinthians. 

O Corinthians imagina que o assédio de clubes do exterior será intenso na próxima janela de transferências, no meio do ano. Fontes próximas à diretoria afirma que não será fácil segurá-lo. Como precaução, o time contratou Vagner Love - o argentino Mauro Boselli já havia sido contratado.

O Erzurumspor, da Turquia, tentou contratá-lo por empréstimo, condição que o Corinthians não aceitou. Também houve uma proposta de compra de um clube chinês, mas os valores foram considerados baixos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.