Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Gustavo Henrique elogia chegada de colombiano Felipe Aguilar ao Santos

Contratação de zagueiro aumenta concorrência na briga por vaga de titular

Redação, Estadão Conteúdo

17 de janeiro de 2019 | 13h13

A contratação de Felipe Aguilar ainda não foi formalizada pelo Santos, mas a iminente chegada do zagueiro colombiano já movimenta o clube. Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, Gustavo Henrique deu as boas vindas ao jogador, que estava no Atlético Nacional, aumentando a concorrência na briga por uma vaga de titular, algo que foi exaltado pelo seu novo companheiro.

"A diretoria está lá para fazer o trabalho dela e a gente faz o nosso. Todo reforço é bem-vindo. Pelo que vi, o Aguilar tem boa saída de bola e pode nos ajudar. Quem está aqui disputando a vaga no time vai continuar dando seu melhor e o Santos só tem a ganhar com isso", afirmou Gustavo Henrique.

Na noite de terça-feira, o Atlético Nacional comunicou a liberação de Aguilar para acertar a sua transferência ao Santos. O zagueiro, de 25 anos, também teve passagem pelo Alianza Petrolera, também da Colômbia, entre 2013 e 2015.

Ele conquistou diversos títulos pelo Atlético Nacional, o que incluiu a Copa Libertadores de 2016 e a Recopa Sul-Americana de 2017. Além disso, possui experiência na seleção colombiana, seja na base, como nas edições de 2013 do Sul-Americano Sub-20 e do Mundial Sub-20, como na Olimpíada de 2016 e na Copa América daquele mesmo ano.

A chegada de Aguilar atende a um pedido do técnico Jorge Sampaoli, que também tem trabalhado para modificar o estilo de jogo do Santos, com a valorização da posse de bola. Gustavo Henrique aponta que isso forma uma modificação na postura dos zagueiros, que passam a sair jogando.

"Pelo que eu já senti no primeiro jogo, eu e os zagueiros precisaremos ter coragem para propor o jogo, até para buscar os espaços. Com paciência, vamos tentar chamar o adversário para sair da pressão, furar o bloqueio e conseguir fazer o gol. Isso é o mais diferente dele. Teremos que ter personalidade em acertar o passe", afirmou.

Gustavo Henrique, aliás, foi o único jogador de linha a atuar nos 90 minutos do empate do Santos com o Corinthians, em clássico amistoso disputado no último domingo. Além dele, Sampaoli também conta com os zagueiros Luiz Felipe, Lucas Veríssimo, Fábian Noguera, Cléber Reis e Kaique Rocha como concorrentes para a posição, além de Aguilar, que deve ser oficializado como reforço em breve.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Futebol Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.