Gustavo Henrique espera Náutico ofensivo contra Santos

O Santos enfrentará nesta quarta-feira o lanterna e virtualmente rebaixado Náutico, na Vila Belmiro, em jogo atrasado da 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando em casa diante de uma equipe que não vence há 13 partidas, o zagueiro Gustavo Henrique espera dificuldade no confronto e alertou seus companheiros sobre os perigos do adversário pernambucano.

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 08h33

"Será um jogo difícil, é um time que tenta se manter na primeira divisão, então vão vir com tudo para cima. Mas temos que manter o nosso padrão, precisamos da vitória também. É um grupo de qualidade (o nosso), muitos não esperam nada, mas sabemos da nossa qualidade e vamos tentar o G4 e o titulo, também", disse o zagueiro.

Se vencer, o Santos subirá para 35 pontos, encostando de vez no Grêmio, quarto colocado, que tem 39, e entrando na briga por uma vaga na Libertadores. "É nosso principal objetivo esse. Uma vitória nos deixa a quatro pontos do G4, então temos que entrar com seriedade, muita disposição, para que possa virar realidade", comentou Gustavo Henrique.

Se o Santos vive bom momento, o próprio zagueiro também passa pela melhor fase de sua carreira. Aos 20 anos, ele conquistou a confiança do técnico Claudinei Oliveira, que o promoveu a titular e barrou o experiente Durval. "Estou tentando fazer o meu trabalho da melhor maneira. O Durval e o Edu Dracena são grandes jogadores, com história no Santos. Ele (Claudinei) optou por mim, estou treinando forte, procurando manter a regularidade e ficar tranquilo para desempenhar o melhor papel", apontou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCGustavo Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.