Gustavo Henrique não treina no Santos, mas deverá jogar

O zagueiro Gustavo Henrique acabou ficando fora do treino que o elenco do Santos realizou na manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, quando o técnico Oswaldo de Oliveira comandou um coletivo visando o duelo deste domingo, contra o Penapolense, às 18h30, em Penápolis, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

SANCHES FILHO, Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 13h05

O defensor sentiu um mal-estar e, indisposto, foi descartado da atividade, mas deverá reunir condições de estar em campo no fim de semana. Sem poder contar com o atleta, o treinador escalou Jubal entre os titulares e disse que irá esperar pela evolução de Gustavo Henrique para definir o time neste sábado.

"Vou esperar até amanhã para ver caso do Gustavo. Teve indisposição, essas coisas de mudança de temperatura, afetou a garganta. Amanhã ficaremos sabendo", disse Oswaldo, em entrevista coletiva, depois de ver o time titular não passar de um 0 a 0 contra os reservas no coletivo de preparação para o jogo de domingo.

Na atividade, Leandro Damião se esforçou muito, mas não balançou as redes outra vez em um treinamento. Ele também busca o seu primeiro gol com a camisa santista e tem a confiança de Oswaldo. "Minha expectativa é de crescimento, ele vai se adaptando, conhecendo melhor os companheiros, ganhado ritmo. Vai em escalada progressiva até a melhor forma e nos dará muitas alegrias. Essa é minha visão do que pode acontecer com ele", afirmou o comandante.

Outra novidade do treinamento desta sexta-feira foi o meia Lucas Lima, outro novo reforço do time, que realizou o seu primeiro coletivo no Santos, atuando no time reserva. Oswaldo elogiou o atleta nesta sexta, mas deu sinais de que não irá relacioná-lo para o jogo deste domingo. "Amanhã vou decidir. Mas, pela composição do banco, nesse jogo não vai participar. Levo um meia e um meia-atacante. E o meia-atacante que tenho levado é o Rildo e minha pretensão é levar Gabriel e Stéfano. Se pudéssemos ter aquela regra da Fifa de levar 23, com certeza ele (Lucas Lima) iria. Como fico restrito, fica difícil", justificou.

Desta forma, Oswaldo deverá repetir a escalação do Santos pelo segundo jogo seguido e mandar a campo a seguinte formação: Aranha; Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena; Alan Santos, Arouca e Cícero; Geuvânio, Leandro Damião e Thiago Ribeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCGustavo Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.