Gustavo Henrique quer goleada para Santos 'definir' vaga

O Santos enfrenta o Crac nesta quarta-feira, às 21h50, na Vila Belmiro, pela terceira fase da Copa do Brasil. Neste estágio da competição não é mais possível eliminar o jogo da volta com uma vitória por dois gols de diferença, mas o zagueiro Gustavo Henrique quer uma goleada em casa para praticamente definir a classificação.

SANCHES FILHO, Agência Estado

09 de julho de 2013 | 21h33

"É, se pudermos definir o confronto amanhã (quarta-feira) seria muito bom. Não os conhecemos bem, mas não é um time besta, não à toa chegou aqui. Temos que jogar da mesma forma, com o padrão de jogo", disse o zagueiro de 20 anos, um dos destaques da equipe na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, domingo passado.

Gustavo Henrique comemorou a atuação e o espaço que os garotos da base estão tendo no Santos. "São todos bem entrosados, os que subiram da base procuram estar juntos e é só escutar os mais velhos, pois têm muito o que passar para nós. Sempre fomos muito unidos, agora temos que passar isso aqui. Eu, Neílton, Léo Cittadini, Leandrinho. Todos se gostam muito."

O zagueiro também fez questão de exaltar o técnico interino Claudinei Oliveira, que o comandava na base santista. "Ele ajuda muito, parece que tira um peso nas costas porque conhece o nosso futebol desde a base. Ajuda muito. Ele conhece a gente e a gente o conhece, é uma troca e procuramos fazer o melhor em campo", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.