Guto Ferreira elogia legado de Zago e exalta 'alma colorada' em vitória do Inter

Mesmo poupando seis titulares, treinador conseguiu sua vitória ao ver o time bater o Figueirense por 2 a 1

Estadão Conteúdo

07 de junho de 2017 | 10h42

Em sua primeira vitória à frente do Internacional, Guto Ferreira não deixou de se lembrar do seu sucessor, Antônio Carlos Zago. Após o triunfo por 2 a 1 sobre o Figueirense, na noite de terça-feira, em Florianópolis, o treinador elogiou o trabalho realizado por Zago e afirmou que a "alma colorada" foi determinante para o time vencer o confronto pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

"Eu não parto do zero. O trabalho do Antônio Carlos foi muito bom, ou eu não conseguiria desenvolver. Ninguém faz nada sozinho. São os atletas, a direção, o estafe, a torcida, todos juntos. Ninguém faz nada sozinho. O grupo está de parabéns. A alma colorada foi muito forte e construiu essa vitória importante", afirmou.

Guto optou por poupar seis titulares contra o Figueirense, sendo que esses jogadores treinaram no CT do Parque Gigante na terça-feira. O técnico exaltou o grupo do Inter e apontou o triunfo como uma resposta ao decepcionante empate por 1 a 1 com o Juventude, no último sábado, no Beira-Rio, na sua estreia no comando da equipe.

"O espírito começou após o jogo de sábado. A gente não pode deixar fora desse grupo os jogadores que ficaram lá. Eles se cobraram muito. Quem construiu isso foram eles. Quem treinou hoje, estava com esse espírito, com a mesma intensidade, vontade e disposição dos que jogaram hoje", disse.

A vitória levou o Inter aos oito pontos, em quinto lugar na Série B. O time volta a jogar no próximo sábado, quando vai receber o Náutico, no Beira-Rio, pela sexta rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.