Guto Ferreira faz mistério, mas indica mudanças na Ponte Preta para domingo

A sequência de seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro - três empates e três derrotas - vem tirando o sono do técnico Guto Ferreira. Para acabar com esse jejum neste domingo diante do Figueirense, em Florianópolis, pela 16.ª rodada, o comandante alvinegro estuda fazer mudanças. Mas nada de divulgar a escalação antecipadamente.

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2015 | 20h50

"Você tem que motivar todo mundo. Nós testamos várias opções, com Jefferson Recife na lateral esquerda e Juninho no meio; Bady, Felipe, os dois juntos, Keno no ataque... Temos ''n'' alternativas. Agora o time que vai começar a partida, vamos ver. Já tenho uma ideia na cabeça", despistou o treinador.

O certo é que Guto Ferreira não terá o lateral-esquerdo Gilson e o atacante Biro Biro, que receberam o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Internacional. Na esquerda, Jefferson Recife e Juninho, improvisado, são as opções. No ataque, Cesinha, que retorna de suspensão, e Keno brigam por um lugar ao lado de Felipe Azevedo e Borges.

Por outro lado, os zagueiros Pablo e Renato Chaves voltam após cumprirem suspensão, mas o segundo deve perder vaga para Tiago Alves. O volante Josimar, que não enfrentou o Internacional por questão contratual, também tem a sua volta confirmada.

Na 12.ª colocação com 19 pontos, a Ponte Preta encara o jogo em Florianópolis como um confronto direto contra o rebaixamento, já que o adversário é o primeiro time fora da zona da degola e tem apenas três pontos a menos que os campineiros.

A provável escalação é a seguinte: Marcelo Lomba; Rodinei, Pablo, Tiago Alves e Juninho (Jefferson Recife); Fernando Bob, Josimar e Felipe; Felipe Azevedo, Keno (Cesinha) e Borges.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaGuto Ferreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.