Bruno Cantini/ Atlético-MG
Bruno Cantini/ Atlético-MG

Há 20 anos no Atlético-MG, Filipe Soutto se despede do clube

Aos 25, volante está no clube desde que tinha cinco e jogava nas escolinhas

Estadão Conteúdo

30 de dezembro de 2016 | 13h35

Acaba neste fim de ano o vínculo entre Filipe Soutto e o Atlético Mineiro. O volante, que passou por Linense e Londrina por empréstimo em 2016, se despediu nesta sexta-feira lembrando que a relação com o clube alvinegro durou 20 anos. Aos 25, ele está no Atlético desde que tinha cinco e jogava nas escolinhas.

"Começou em 1996 e hoje está se encerrando. Vinte anos vinculado ao Clube Atlético Mineiro. Chegou a hora de me despedir do clube onde vivi muitas experiências e pretendo guardar apenas boas lembranças. Agradeço a Deus por ter me iluminado, protegido e proporcionado bons momentos com a camisa alvinegra. Sinto orgulho por tê-la vestido ao longo de todas as categorias de base e no profissional", comentou o jogador, em postagem no Instagram.

Quando foi revelado, em 2011, ainda com 20 anos, Soutto chegou a ser titular absoluto do meio-campo do Atlético no Brasileirão. Depois, foi perdendo espaço até ser emprestado ao Vasco. Até chegou a jogar novamente pelo clube mineiro em 2014, mas depois disso foi descartado. Emprestado, passou também por Joinville e Náutico.

"Desejo sucesso ao Atlético daqui pra frente e sigo meu caminho mais maduro e com entusiasmo e boas perspectivas na vida profissional e também como homem", completou Soutto, que deve ser anunciado como reforço do Red Bull Brasil para a disputa do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.