Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Christof Stache/ AFO
Christof Stache/ AFO

Há quase dois meses no Bayern, Heynckes rejeita assinar contrato com os bávaros

Apesar de estar de volta ao comando do clube desde outubro, técnico afirma que 'não tem tempo para isso'

Estadao Conteudo

03 de dezembro de 2017 | 16h14

Anunciado no Bayern de Munique há quase dois meses, após deixar a aposentadoria, o técnico Jupp Heynckes ainda não assinou contrato com o clube bávaro, que, com a volta do treinador, retomou as boas apresentações e assumiu a liderança do Campeonato Alemão.

+ Florentino Pérez minimiza momento ruim do Real Madrid e exalta trabalho de Zidane

Segundo a revista alemã Kicker, Jupp Heynckes revelou a membros de um fã clube do Bayern de Munique que ainda não tem contrato assinado com o clube, apesar de já estar de volta ao comando dos bávaros desde 5 de outubro. Pela boa relação com o clube, Heynckes teria dito a Jan-Christian Dreesen, diretor de finanças do Bayern de Munique, que "não tem tempo para isso (assinatura do contrato) ainda".

Em 2009, na terceira vez que comandou o time da Baviera, em uma passagem relâmpago, ele chegou a dizer que "com Uli (Hoeness, presidente do clube à época), não preciso de um contrato. Nós apertamos a mão e ele decide o quanto eu devo ganhar". Mesmo com a aceitação do time e da torcida com as vitórias em sua volta, Jupp Heynckes afirmou que deve sair no final da temporada, quando encerra seu acordo com o time alemão.

"É impossível eu renovar com o Bayern", falou em entrevista ao jornal alemão Welt am Sonntag.

Na atual passagem pelo clube alemão, a quarta em sua carreira, o treinador de 72 anos, que substituiu o italiano Carlo Ancelotti, demitido após maus resultados e problemas com o elenco, conquistou nove vitórias em 10 jogos - o time de Lewandowski e Robben perdeu apenas para o Borussia Mönchengladbach, no Campeonato Alemão - e, com os bons resultados se recuperou na competição nacional e hoje lidera com seis pontos de vantagem para o RB Leipzig, o segundo colocado.

Jupp Heynckes está no rol dos grandes treinadores da história do Bayern de Munique. Em 2013, no ano de sua saída do futebol, venceu a tríplice coroa ao conquistar a Copa da Alemanha, o Campeonato Alemão e a Liga dos Campeões da Europa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBayern de Munique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.