Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Há quatro jogos sem vencer, Atlético-MG encara o Vitória para espantar crise

Fábio Santos e Adílson voltam ao time e Matheus Galdezani pode estrear na partida

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 07h26

Sem vencer há quatro jogos, o Atlético Mineiro encara o Vitória neste domingo, às 16 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, para somar os primeiros pontos no Campeonato Brasileiro, em sua segunda rodada, e espantar a crise que ronda a Cidade do Galo e ameaça a continuidade do trabalho do técnico, ainda interino, Thiago Larghi.

+ Recém-contratado, Matheus Galdezani é relacionado e pode estrear pelo Atlético-MG

+ Veja quais são os confrontos das oitavas da Copa do Brasil

O time vem de três derrotas e um empate. Foi derrotado pelo Cruzeiro na final do Campeonato Mineiro - o que custou o título do Estadual - pelo San Lorenzo, na estreia da Copa Sul-Americana, e também caiu para o Vasco, de virada, no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro. O empate veio na última quarta-feira, por 2 a 2, diante do Ferroviário, em Fortaleza, em um resultado suficiente para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

Os tropeços seguidos não parecem preocupar o técnico atleticano, que diz que os maus resultados fazem parte do futebol. "Considero que faz parte do futebol porque tínhamos cinco ou seis vitórias seguidas um tempo atrás. Isso é pontual, já estamos focados para mudar isso e conquistar os três pontos contra o Vitória", afirmou.

O treinador não definiu os titulares, mas prometeu uma equipe ofensiva atrás da primeira vitória na competição nacional. "Vamos pensar um time bem para cima, bem ofensivo, dentro da característica do Atlético, o que a gente vem tentando implantar desde o início", comentou o treinador interino.

A equipe mineira terá reforços para o duelo em casa. O lateral-esquerdo Fábio Santos e o volante Adilson foram liberados pelo departamento médico, treinaram normalmente nos últimos dias e devem voltar ao time. Se isso acontecer, Lucas Cândido e Gustavo Blanco deixam a equipe titular.

O meia Matheus Galdezani, que veio do Coritiba e foi apresentado na última sexta-feira, já está teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e poderá estrear pelo novo clube já neste domingo.

Por outro lado, o zagueiro Leonardo Silva e o meia Cazares, machucados, estão fora. O primeiro não joga desde a final do Estadual e o segundo teve uma pequena lesão na coxa esquerda constatada após o jogo contra o Vasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.