Ernesto Rodrigues/Estadão
Ernesto Rodrigues/Estadão

Há seis meses no comando do Palmeiras, Gilson Kleina vê evolução

Técnico avalia o fortalecimento da equipe e está satisfeito com o desempenho dos jogadores

Daniel Batista, Agência Estado

22 de março de 2013 | 19h04

SÃO PAULO - O técnico Gilson Kleina completa, nesta sexta-feira, seis meses à frente da equipe do Palmeiras. No seu primeiro trabalho como treinador de um grande clube, ele não conseguiu evitar o rebaixamento para a Série B, mas mesmo assim recebeu o respaldo da diretoria que o manteve no cargo para o Campeonato Paulista e a Libertadores.

Em entrevista coletiva, Kleina revisou seu meio ano à frente do Palmeiras. "Chegamos com 13 jogos para o fim do Brasileiro. Tivemos a primeira conversa, reagimos, vencemos três jogos e depois perdemos mando e começaram as lesões. A gente administrou mais do que treinou", comentou ele.

Na visão do treinador, o Palmeiras está em evolução. "Iniciando o ano com a nossa mão e estamos no caminho certo. Estamos fortalecendo a equipe. Começamos o planejamento tardio e não podemos usar o regional (Paulistão" para nos preparar, mas sim para nos consolidar. Mas estou contente com a evolução", disse Kleina, que comanda o quarto colocado do Campeonato Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.