Serigo Perez/Reuters
Serigo Perez/Reuters

Hackers invadem site do Real e publicam informação falsa sobre lesão inexistente de Rodrygo

Ex-jogador do Santos se recuperou recentemente de problema físico e está em perfeitas condições para entrar em campo no duelo desta terça-feira da Liga dos Campeões

Redação, Estadao Conteudo

16 de março de 2021 | 11h00

O Real Madrid passou por problemas em suas redes sociais nesta terça-feira. Em um ataque realizado por hackers, uma informação falsa de uma lesão muscular do atacante brasileiro Rodrygo foi divulgada, o que foi prontamente desmentido pelo clube em seu site oficial, que confirmou que o jogador está apto para o jogo contra a Atalanta, em Madri, pela rodada de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Ex-jogador do Santos, Rodrygo se recuperou recentemente de um problema físico e está em perfeitas condições para entrar em campo no duelo desta terça-feira contra os italianos, que acontecerá no estádio Alfredo Di Stéfano, na capital espanhola. Ele é uma das opções no banco de reservas para o técnico francês Zinedine Zidane.

Nas redes sociais do Real Madrid foi veiculado um boletim médico de Rodrygo, que apontava para uma ruptura muscular no bíceps femoral da perna direita. No entanto, a nota era a mesma que havia sido publicada após o brasileiro se contundir em dezembro do ano passado após partida contra o Granada, pelo Campeonato Espanhol.

Com Rodrygo à disposição, Zidane seguirá só não podendo contar com os laterais-direitos Dani Carvajal, Álvaro Odriozola, o meia belga Eden Hazard e o atacante Mariano Díaz, todos contundidos, além do volante brasileiro Casemiro, que está suspenso.

Na partida de ida, na Itália, há três semanas, a equipe espanhola levou a melhor e venceu por 1 a 0. Assim, tem a vantagem de empatar o duelo de volta para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.