Haiti pode adiar eleições por causa da seleção brasileira

As eleições municipais haitianas, marcadas para o dia 18 de junho podem ser adiadas por causa da... seleção brasileira de futebol. Acontece que exatamente nesse dia o Brasil faz seu segundo jogo no Mundial da Alemanha, contra a Austrália. Como os haitianos têm no futebol seu esporte preferido e, sem sua seleção na Copa, torcem pelos brasileiros, os membros do Conselho Eleitoral Provisório estudam o adiamento.Cinco vezes campeão mundial, o Brasil, que comanda a força de paz da ONU no país, tem milhares de torcedores fanáticos no Haiti, que só participou da fase final de Copa do Mundo uma vez, em 1974, quando o Mundial também foi disputado na Alemanha. Essa torcida aumentou ainda mais depois que o Brasil fez o ?Jogo da Paz? em Port-au-Prince, um amistoso contra o Haiti, em 18 de agosto de 2004, que terminou 6 a 0 para a seleção de Parreira.?O povo haitiano ama demais o futebol e as pessoas nos dizem que os cidadãos e cidadãs não vão sair de suas casas para ir votar no dia 18 de junho. E nós não podemos ignorar esse fator?, disse o secretário-geral da entidade eleitoral, Rosemond Pradel. ?Nós não vamos nos aferrar à data de 18 de junho. Se for necessário escolher um novo dia em função dessa realidade, nós o faremos?. Não será decisão fácil, mas, pelo dinheiro investido nas eleições , US$ 13 milhões - quantia muito alta para os parâmetros haitianos -, pode acontecer.Por enquanto, o Conselho Eleitoral Provisório está com muito trabalho, pois tem de publicar o resultado do 2.º turno das eleições legislativas até dia 5 de maio, para o parlamento iniciar seu trabalho no dia 8, menos de uma semana antes da posse do presidente eleito, René Garcia Préval, dia 14.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.