Odd Andersen/AFP
Odd Andersen/AFP

Hamburgo denuncia torcedor que atacou Ribéry em jogo

Homem invadiu o campo e correu até alcançar jogador do Bayern de Munique para atacá-lo com cachecol, além de fazer gestos obscenos

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2014 | 11h48

O Hamburgo anunciou nesta quinta-feira que entrou com uma queixa-crime contra o torcedor que invadiu o campo e correu por todo o gramado até alcançar o meia francês Franck Ribéry para atacá-lo com um cachecol, além de fazer gestos obscenos para o jogador do Bayern de Munique.

O incidente aconteceu na última quarta-feira, nos acréscimos do segundo tempo da vitória do Bayern por 3 a 1 sobre o Hamburgo, em partida válida pela Copa da Alemanha, disputada na Imtech Arena. Ribery marcou um dos gols do jogo, o seu primeiro nesta temporada após se recuperar de lesões.

A denúncia pode levar a acusações criminais. O Hamburgo disse que vai também impor uma proibição ao torcedor, que não foi identificado publicamente, de frequentar o seu estádio.

O homem foi preso pelos seguranças e entregue para os policiais. O Hamburgo se desculpou com o Bayern e Ribery imediatamente após a partida. O Bayern informou que não planeja adotar qualquer ação, enquanto o jogador, que não se feriu no incidente, minimizou o acontecimento.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolHamburgoRibéry

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.