Hamburgo só empata em casa no jogo de ida do playoff do rebaixamento no Alemão

Pelo segundo ano consecutivo, o torcedor do Hamburgo passa pelo sofrimento de ver a sua equipe lutar contra o descenso, que seria inédito desde a criação da Bundesliga no início dos anos 60, à segunda divisão do Campeonato Alemão. Nesta quinta-feira, no jogo de ida do playoff do rebaixamento, o time jogou em casa e só empatou por 1 a 1 com o Karlsruher, que foi o terceiro colocado da Série B.

Estadão Conteúdo

28 de maio de 2015 | 17h58

A volta está marcada para esta segunda-feira, desta vez no Wildparkstadion, casa do Karlsruher. Um empate sem gols garantirá o acesso dos mandantes e a queda do Hamburgo, que joga por qualquer empate por 2 ou mais gols. Um novo 1 a 1 levará a decisão para prorrogação e, se necessário, disputa por pênaltis.

Em campo, os visitantes surpreenderam logo no início e aos 4 minutos abriram o placar. Hennings recebeu passe de Nazarov, finalizou cruzado do lado esquerdo da grande área e venceu o goleiro Adler. Com a vantagem, o Karlsruher se fechou e explorou bem os contra-ataques. Tanto que chegou a mandar uma bola no travessão no começo da segunda etapa.

Na base da raça e da superação, o Hamburgo conseguiu o empate. Mas isso só aconteceu aos 28 minutos da etapa final, quando Ilicevic aproveitou assistência de Diekmeier na área, após boa jogada pelo meio, e concluiu para o fundo do gol.

No ano passado, o Hamburgo também jogou os playoffs e conseguiu a permanência na primeira divisão após duas igualdades. A equipe ficou no 0 a 0 com o Greuther Furth em casa, no primeiro jogo, e empatou por 1 a 1 longe de seus domínios, conseguindo a vaga na elite apenas pelo gol marcado fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.