Hannover mantém e dá contrato de 2 anos a técnico que evitou rebaixamento

O técnico Michael Frontzeck permanecerá no comando do Hannover após ter êxito na missão de evitar o rebaixamento do time no Campeonato Alemão, mesmo tendo o dirigido apenas nas cinco rodadas finais do torneio, encerrado no último fim de semana.

Estadão Conteúdo

28 de maio de 2015 | 14h21

Diante do sucesso na sua empreitada, Frontzeck permanecerá no comando do Hannover, agora com um contrato de dois anos, bem mais longo do que o anterior, apenas para os últimos cinco jogos da temporada. "Teve sucesso no seu trabalho e nós queremos continuar trabalhando com ele", disse o presidente do Hannover, Martin Kind.

Frontzeck assumiu o comando do Hannover em 20 de abril. O time estava em uma sequência de 16 partidas sem vitórias, mas conquistou três triunfos e dois empates para assegurar sua presença por mais um ano na elite do futebol alemão, sendo que no último jogo o Hannover aplicou 2 a 1 no Freiburg, que acabou sendo rebaixado.

Jogador da seleção alemã vice-campeã da Eurocopa de 1982, Frontzeck já dirigiu outros quatro clubes na sua carreira: Alemannia Aachen, Arminia Bielefeld, Borussia Mönchengladbach e St. Pauli.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolHannoverMichael Frontzeck

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.