Hazard admite que ainda pode jogar melhor na Copa

Mesmo com uma campanha de 100% na fase de grupos, o meio-campista do Chelsea admite que a Bélgica está devendo no Mundial

Agência Estado

30 de junho de 2014 | 20h01

Principal nome da seleção belga, o meia-atacante Hazard disse que espera melhorar seu rendimento contra os Estados Unidos, nesta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O jogador do Chelsea não conseguiu ser decisivo na fase de grupos, ainda que a Bélgica tenha conseguido as três vitórias.

"Eu ainda não tive uma partida com uma boa movimentação que pudesse ter sido decisivo para o nosso time. Então, eu espero fazer isso desta vez e conseguir uma boa atuação", afirmou Hazard.

Em outras palavras, Hazard quer ser para a Bélgica o que James Rodríguez está sendo para a Colômbia neste Mundial. O meia colombiano é o artilheiro da competição, com cinco gols, e vem liderando sua equipe, que já avançou às quartas de final para enfrentar o Brasil.

"Ele jogou uma partida espetacular (contra o Uruguai, pelas oitavas de final). Eu sabia quem ele era, mas muita gente não conhecia muito sobre a Colômbia", disse o destaque belga, ao comentar sobre o atacante de 22 anos que atua pelo Monaco, no futebol francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.