Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Hazard deverá ir para o Real Madrid após jogar final da Liga Europa

Segundo jornal francês, atleta do Chelsea custaria 100 milhões de euros (R$ 446 milhões)

AFP, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2019 | 10h49

"Jogador fantástico" para Zidane, Eden Hazard terá sua chegada ao Real Madrid anunciada após a final da Liga Europa, que o atacante belga vai disputar vestindo a camisa do Chelsea no dia 29 de maio contra o Arsenal, informou nesta segunda-feira o jornal francês L'Équipe.

O montante da transação deverá ser de cerca de 100 milhões de euros (R$ 446 milhões), segundo a publicação, o que o tornaria o jogador mais caro já comprado pela equipe espanhola desde Gareth Bale (99,7 milhões de euros - R$ 444 milhões) e Cristiano Ronaldo (94 milhões de euros - R$ 419 milhões).

No dia 5 de abril, Zidane mostrou sua admiração pelo atacante do Chelsea, adversário do Arsenal na final da Liga Europa em Baku dentro de pouco mais de duas semanas.

"É um atleta que jogou na França (no Lille), que eu acompanhei e conheço pessoalmente. Mas não há nada de novo no que penso sobre ele: é um jogador fantástico", acrescentou o técnico francês.

Hazard, de 28 anos e com contrato com o Chelsea até 2020, não havia escondido seu desejo de um dia jogar no Real Madrid.

As negociações podem ter sido paralisadas devido à punição que pesa sobre o clube inglês que não podem contratar até o final de janeiro de 2020. Mas os londrinos recorreram ao Tribunal Arbitral de Esporte (TAS) de Lausanne para tentar anular essa sanção da Fifa por infringir o regulamento sobre a transferência de atletas menores de idade.

Após sua volta ao comando da equipe merengue no dia 11 de março, Zidane prometeu "mudanças" após o fim da temporada, alimentando vários rumores sobre transferências.

A mídia espanhola chegou a falar de um orçamento de até 500 milhões de euros (R$ 2,2 bilhões) para reconstruir a equipe.

Hazard, por sua vez, se mostra diplomático. No domingo ele declarou que já fez uma escolha, mas não explicou se fica ou se vai deixar Londres: "Sim, há umas duas semanas. Tomei uma decisão", afirmou.

Mas no clube inglês já se fala do belga no passado: "Ele foi um grande jogador do Chelsea durante sete temporadas. Se tornou um dos três melhores jogadores do mundo, por isso acho também que é preciso respeitar sua decisão", disse à BBC o técnico Maurizio Sarri, acrescentando que não sabe o que vai acontecer com o craque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.