Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Hazard ofusca estreia do brasileiro Oscar no Chelsea

O domingo marcou a estreia de Oscar no Chelsea, mas na Inglaterra só se falou de outro meia, que também fazia sua primeira partida oficial pela equipe londrina. O belga Hazard participou diretamente dos dois gols da vitória por 2 a 0 diante do Wigan, pela primeira rodada do Campeonato Inglês, e foi muito elogiado pelo técnico Roberto Di Matteo.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2012 | 15h45

"Ele mostrou toda sua qualidade hoje (domingo). Ele foi fantástico e se entrosou bem com seus companheiros de equipe. Foi uma ameaça e exatamente o que estávamos procurando. Ele tem grande habilidade técnica, pode jogar de costas para o gol e tem muitas características que pode trazer para o time", comentou o treinador.

Hazard deu grande passe para Ivanovic marcar o primeiro gol do Chelsea neste domingo e, logo depois, sofreu o pênalti que Lampard bateu para definir o placar. No segundo tempo, desgastado, deu lugar a Oscar, que também teve boa atuação. Mas a grande exibição do belga fez com que todos os olhares estivessem voltados para ele.

"Ele foi brilhante", declarou Frank Lampard. "Não é fácil um jogador tão jovem vir para o Campeonato Inglês, não importa o quão bom seja. Vocês viram a qualidade que ele trouxe com a velocidade e o passe que deu para o Ivanovic. A velocidade para escapar de seu marcador e sofrer o pênalti, também. Sei que foi algo que os torcedores do Chelsea gostaram muito de ver", completou.

Aos 21 anos, Hazard foi contratado junto ao Lille como principal aposta do Chelsea para esta temporada. "Conseguimos trazer um jogador que não é nada mau. Este tipo de jogador é difícil marcar por causa da movimentação. Ele é bom com a bola, então não acho que os times vão tentar pará-lo com falta. Será ocasião de jogo", disse Di Matteo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.