Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Hellmann destaca pontos positivos do Inter apesar da derrota para Flamengo

Técnico nega que time tenha entrado para jogar no contra-ataque

Estadão Conteúdo

07 Maio 2018 | 12h38

A derrota do Internacional para o Flamengo por 2 a 0 domingo, no Maracanã, não abalou o técnico Odair Hellmann. Na opinião dele, a equipe se comportou bem durante a partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro e os gols adversários saíram por detalhes.

+ Início do Campeonato Brasileiro tem ares de torneio Rio-São Paulo

+ Cuesta vê vantagem em tabela difícil do Inter no início do Brasileirão

"No primeiro tempo, criamos situações de gol. O jogo estava sob controle. No segundo tempo, não. Começamos a perder a bola na transição, perdemos volume, e tivemos mais dificuldade. Mas O gol saiu em uma bola parada. A bola não entrou, e o Paquetá pegou a sobra. O segundo saiu quando estávamos com um a menos. Temos que continuar com volume de produção para que as bolas comecem a entrar", disse.

O treinador negou que a equipe tenha entrado com a proposta de jogar no contra-ataque, apesar de ter colocado um volante a mais em campo. "Optei por um jogador de marcação para ter um meio mais fortalecido", afirmou.

"Durante o processo do jogo, o Leandro Damião sentiu um desconforto e precisei trocar. A ideia era fazer outra troca, mas não tivemos essa possibilidade. Não era ficar só atrás. Tentamos, não conseguimos", prosseguiu.

O Internacional ocupa o 13º lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, com quatro pontos. O elenco colorado agora tem a semana toda para treinar antes do clássico contra o Grêmio no sábado, às 16 horas, na Arena do Grêmio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.