Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Hellmann mantém indefinição sobre substituto de Edenílson no meio-campo do Inter

Voante se machucou durante o empate sem gols com o Cruzeiro

Estadão Conteúdo

02 Maio 2018 | 13h54

O Internacional treinou nesta quarta-feira pela manhã, mas o técnico Odair Hellmann ainda não deu pistas de quem será escalado na vaga do volante Edenílson, que sofreu um entorse no joelho esquerdo no último domingo e ficará um mês fora dos gramados.

+ No Inter, Rossi treina e Zeca se prepara para enfrentar o líder Flamengo

+ Técnico do Inter aprova desempenho e se diz inconformado com o empate

O jogador se machucou durante o empate sem gols com o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. No duelo, como o time colorado vinha melhor em campo, o treinador optou pela entrada do atacante Nico López, o que não deve fazer na próxima partida.

Nesta quarta-feira, Hellmann dividiu a equipe em dois grupos. O primeiro, dos atletas que atuaram contra o Cruzeiro, fez um treinamento técnico de dois toques. O outro realizou, primeiramente, um treino físico na academia e, depois, juntou-se ao restante do grupo no gramado para a atividade em campo reduzido.

O Internacional volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, quando visitará o Flamengo, no Maracanã. Para a partida, a expectativa é pela estreia do lateral Zeca. O jogador não entra em campo oficialmente há seis meses em razão do imbróglio jurídico com o Santos.

Zeca é destro, mas no Santos vinha atuando na lateral-esquerda. Hellmann informou que pretende usá-lo na direita. O treinador do Inter já trabalhou com o jogador na seleção olímpica, na conquista dos Jogos do Rio-2016. Hellmann era auxiliar de Rogério Micale. Na ocasião, Zeca atuou como lateral-direito. Com isso, ele disputa a posição de titular no time colorado com Fabiano, Ruan e Dudu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.