Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Hellmann reclama de expulsão no Gre-Nal: 'Estão brincando com o regulamento'

Treinador diz que pode fazer mudanças na parte tática para encarar o Grêmio nas quartas de final

Estadão Conteúdo

12 Março 2018 | 10h14

O técnico do Internacional, Odair Hellmann, deixou o campo irritado com a arbitragem após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio, no domingo, no estádio do Beira-Rio, em rodada que definiu os classificados para as quartas de final do Campeonato Gaúcho.

+ Palmeiras libera lateral Fabiano para empréstimo ao Inter até o fim do ano

+ Inter anuncia contratação do atacante Rossi, ex-Chapecoense

O treinador não achou justo ter sido excluído da partida aos 49 minutos do segundo tempo. Ele não foi expulso, mas precisou sair mais cedo, porque o preparador físico Cristiano Nunes invadiu o gramado e foi expulso. Pelas regras do Estadual, quando um membro da comissão técnica recebe o vermelho, o treinador é obrigado também a deixar o campo.

"Fui muito educado com os árbitros. O Cristiano (Nunes) entrou no campo para separar uma situação (uma discussão entre Gabriel Dias e Geromel). Disse que eles estavam brincando com o regulamento. Se você dá um tiro, eu não posso ser preso. O Renato caminha, coloca a mão na cintura e cinco do lado dele (no campo). Só faltou baterem palma. Se treinador não pode entrar, que seja expulso. Nem para eles, nem para nós", reclamou o treinador do Internacional.

A derrota tirou o Internacional da liderança e deixou a equipe em terceiro lugar na primeira fase, com 18 pontos. Nas quartas de final, o time de Odair Hellmann enfrentará novamente o Grêmio. O jogo de ida acontecerá no próximo domingo, na Arena.

Por conta do fraco desempenho, especialmente no primeiro tempo, Hellmann informou que cogita mudar a equipe para o clássico. "Jogos deste tamanho mostram bastante coisa, pra um lado e para o outro. Coisas positivas e negativas. A transformação que a gente está tendo. Vamos fazer nossas reflexões na parte tática para melhorar. Em jogo deste tamanho, contra um time estabelecido se tem um parâmetro importante de observação", explicou.

Antes do Gre-Nal, o Inter volta às atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 19h30, a equipe colorada encara o Cianorte, fora de casa, pelo jogo de volta da terceira fase. A equipe de Helmann vence a primeira partida por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.