Ricardo Duarte / SC Internacional
Ricardo Duarte / SC Internacional

Hellmann vê Inter forte após vitória, mas alerta: 'Objetivo é jogo a jogo'

Técnico tenta evitar clima de euforia, mas destaca para o fato de que nenhum time conseguir apresentar a regularidade da equipe gaúcho nas últimas dez rodadas

Estadao Conteudo

30 de julho de 2018 | 10h36

Com uma campanha consistente neste Campeonato Brasileiro, o Internacional ocupa a terceira posição com 29 pontos e está na briga pelo título. No domingo, derrotou o Botafogo por 3 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e mostrou que tem qualidades para brigar pelas posições, mas o técnico Odair Hellmann não quer saber disso. Só quer pensar no próximo jogo.

+ Inter vence Botafogo, segue invicto no Beira-Rio e sobe para 3º

+ Leia mais notícias sobre o Internacional 

+ Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

"O campeonato é muito difícil, ninguém conseguiu a regularidade que nós conseguimos de 10 jogos (sem perder). É um perde e ganha. A gente não visualiza a parte do fim, olhamos o próximo adversário. O objetivo é curto prazo, jogo a jogo. O duelo contra o Atlético Mineiro será dificílimo. Dos últimos seis jogos fora de casa, foi o primeiro que a gente perdeu (contra o América-MG, na última quinta-feira). Há uma consistência fora de casa", afirmou o treinador.

Na disputa apenas do Brasileirão, o Internacional terá a semana livre e só voltará a campo contra o Atlético Mineiro, na próxima segunda-feira, às 20 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 17.ª rodada do Brasileirão.

Sobre o jogo contra o Botafogo, Odair Hellmann fez questão de parabenizar o grupo. Para o treinador, o Internacional dominou o adversário do primeiro ao último minuto e foi efetivo para fazer os três gols. "Um jogo no qual dominamos todas as ações do início do fim. Fomos consistentes, criamos muita oportunidades e fomos efetivos. Precisamos continuar equilibrados para seguir nessa campanha que estamos fazendo. Cada jogo se torna mais difícil. O grupo está de parabéns por tudo", elogiou.

O volante Edenílson repetiu o discurso do técnico e destacou a importância de pensar em uma partida de cada vez. "Nosso trabalho vem sendo bem-feito. Como falamos, o próximo jogo é sempre o mais importante, tivemos um deslize contra o América-MG, mas o importante foi reagir e retomar (os bons resultados) já neste (jogo)", disse.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.