Hematoma de Ricardo Gomes foi removido, diz hospital

O pós-cirúrgico do técnico Ricardo Gomes, de 46 anos, está evoluindo bem, sem apresentar intercorrências, segundo o boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira pelo Hospital Pasteur, no Méier, onde o treinador está internado depois de sofrer um Acidente Vascular Encefálico (AVE) hemorrágico durante o jogo entre Flamengo e Vasco, na tarde de domingo, no Engenhão.

BRUNO LOUSADA, Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 14h00

Na noite de domingo, Ricardo Gomes foi submetido a cirurgia para "drenagem de hematoma cerebral e controle da hipertensão intracraniana". O procedimento, que durou cerca de três horas, foi realizado com sucesso pela equipe do neurocirurgião José Antonio Guasti.

A tomografia computadorizada no pós-operatório imediato mostrou que o hematoma foi totalmente removido e a pressão intracraniana está sob controle.

"O quadro clínico e neurológico do paciente encontra-se estável. Ele encontra-se sedado, respirando com auxílio de aparelhos e ainda é muito precoce para avaliação da possibilidade de sequelas", informou o boletim médico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRicardo GomesVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.