Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Henrique aposta no diálogo para melhorar defesa do Fluminense

Zagueiro está preocupado com defesa após a humilhante goleada sofrida pelo América-RN na Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2014 | 12h13

De fora das últimas três partidas do Fluminense, o zagueiro Henrique viu o time ser surpreendente eliminado da Copa do Brasil com a derrota por 5 a 2 para o América de Natal, na última quarta-feira, numa noite desastrosa da defesa. Preocupado em melhorar o rendimento do sistema defensivo, Henrique aposta no diálogo para corrigir os problemas e melhorar o entrosamento.

"Temos que conversar. Ainda mais os zagueiros, pois na defesa 50% dos problemas são resolvidos na base do diálogo. Às vezes um posicionamento ou outro pode ser combinado desta maneira. Nosso grupo é qualificado, bastante experiente, todos se cobram e tenho certeza absoluta que vamos sair desta situação. Temos sorte de jogar um clássico na sequência e será muito importante para espantar está má impressão", disse.

Henrique que volta ao Fluminense e vai formar a dupla de zaga com Elivelton no clássico deste domingo com o Botafogo, no Mané Garrincha, lembrou que o Fluminense vinha em um momento bom, tanto que o time ocupa o quarto lugar no Campeonato Brasileiro. Ele destacou, então, que a goleada sofrida servirá como lição e prometeu que o time vai lutar pelo título da Copa Sul-Americana.

"Temos de olhar o lado positivo. Nos classificamos para a Copa Sul-Americana, que é um torneio internacional de grande visibilidade e a derrota vai nos servir de lição. Temos uma equipe de qualidade e condições de ganhar este título internacional. Sei que os torcedores ficam chateados, até pela rivalidade com os outros clubes. A torcida estava contente e veio este choque", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminenseHenrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.