Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Henrique Dourado elogia trabalho de interino no Flamengo: 'Inteligência enorme'

Maurício Barbieri está no comando do rubro-negro desde a demissão de Paulo César Carpegiani

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2018 | 18h06

Com duas semanas de trabalho, Maurício Barbieri parece já ter conquistado a confiança dos jogadores do Flamengo. Nesta quarta-feira, foi o atacante Henrique Dourado que entoou o coro de elogios ao técnico interino e apostou no sucesso dele no início do Campeonato Brasileiro.

+ Barbieri promove entradas de Cuéllar e René no time titular do Flamengo

+ Presidente do Santos indica chance de usar Zeca em troca com Inter ou Flamengo

"Ele tem uma inteligência enorme e está nos passando tudo para entendermos o que ele quer e pensa sobre a equipe. Estamos tentando aprimorar ainda mais, em chegada em bloco e também na recomposição defensiva. Nos próximos jogos, já vai estar melhor trabalhado", declarou.

Auxiliar, Barbieri assumiu o comando da equipe após a demissão de Paulo César Carpegiani, graças à eliminação nas semifinais do Campeonato Carioca. Em duas semanas de trabalho, foi testado em uma oportunidade, no amistoso diante do Atlético-GO, que o Flamengo venceu por 3 a 1, fora de casa.

"Acredito que esse tempo de duas semanas que tivemos para trabalhar ajudou o professor Barbieri, até por já estar participando conosco desde o início. Ele já entendia, tinha a visão de algumas coisas e acrescentou outras. Estamos buscando o nosso melhor e essa semana vamos aprimorar o que ele tem passado para que possamos estrear bem no Campeonato Brasileiro", projetou Dourado.

O Flamengo estreia no Brasileirão diante do Vitória, sábado, no Barradão. Um bom início na competição, aliado à falta de opções no mercado, pode ser definitivo para que Barbieri seja efetivado no comando rubro-negro.

"Ele tem nos mostrado coisas simples que fazem diferença na partida. Estamos dando suporte para ele, e ele dando para nós. É uma oportunidade para a carreira dele e estamos buscando no trabalho e no dia a dia ajudar dentro de campo. Está conversando bastante, nos dá confiança e também liberdade para fazer algumas jogadas", disse o atacante.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoHenrique Dourado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.