Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Henrique exalta 'ambiente de alegria' com boa campanha do Palmeiras

Zagueiro e capitão do time ressalta clima tranquilo e elogia o trabalho do técnico Gilson Kleina

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2013 | 19h17

SÃO PAULO - Líder isolado da Série B, o Palmeiras já soma seis jogos seguidos sem derrota - três vitórias e três empates. Diante desse cenário, o clima de trabalho no elenco palmeirense tem sido ótimo, como relata o zagueiro e capitão Henrique, que também faz questão de elogiar o comando do técnico Gilson Kleina.

"Vivemos um ambiente de alegria. Treinamos felizes. E isso se deve muito ao Gilson Kleina, que é um cara que está há um ano aqui e fortaleceu uma verdadeira família. Ele passou por dificuldades com a gente e fomos rebaixados juntos, mas encarou de frente e agora nos reerguemos. O que estamos vivendo agora é fruto do trabalho dele", avaliou o Henrique.

O zagueiro ainda fez outros elogios a Gilson Kleina. "Ele tem o grupo na mão pela pessoa que é, tem o nosso respeito e a nossa confiança. Muitas pessoas falam e não sabem, mas o trabalho dele no vestiário é de suma importância. Às vezes, poderíamos estar desanimados, mas ele sempre nos dá confiança e, o melhor, sempre deu a cara para bater", afirmou.

Assim, nesse clima de alegria e confiança, o Palmeiras se prepara para o próximo jogo, neste sábado, contra o Sport, no Pacaembu - o time pernambucano foi um dos três que provocaram derrota palmeirense no primeiro turno da Série B (os outros foram Boa e América-MG).

"Será um jogo difícil, até porque eles ganharam da gente no primeiro jogo (disputado no Recife). E será importante também pelos pontos que podemos tirar. Sabemos que podemos dar uma distanciada ainda maior dos times fora do G4 (o Sport é justamente o quinto colocado, 15 pontos atrás do líder Palmeiras)", avisou Henrique.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasHenrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.