Washington Alves/ Cruzeiro
Washington Alves/ Cruzeiro

Henrique garante o Cruzeiro motivado na reta final do Campeonato Brasileiro

Equipe mineira está na 5ª posição e encara o Atlético-PR neste domingo

Estadão Conteúdo

04 Novembro 2017 | 16h06

Mesmo sem pretensão na reta final do Campeonato Brasileiro, já que praticamente não tem chance de título e já está garantido na fase de grupos da Copa Libertadores por ter conquistado a Copa do Brasil, o Cruzeiro, segundo o capitão Henrique, está motivado para as últimas rodadas da competição.

+ Leia mais notícias sobre o Cruzeiro

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

+ Mano faz mistério sobre escalação e minimiza série negativa do Cruzeiro

"Nossa motivação vem do profissionalismo, da responsabilidade que é vestir a camisa do Cruzeiro. Quando entramos em campo é para vencer. E esperamos terminar com o maior número de pontos possível e nas primeiras colocações. Vamos lutar jogo após jogo para isso", garantiu o jogador.

Sem vencer há três partidas na competição - perdeu para Coritiba e Atlético Mineiro e empatou com o Palmeiras na última rodada -, o Cruzeiro recebe o Atlético Paranaense no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, neste domingo, pela 32.ª rodada, para reencontrar o caminho das vitórias. "A gente tem saudade de vencer, de dar alegria ao torcedor. A gente sente falta. Vamos buscar mais uma vitória neste domingo, fazendo um bom trabalho", disse Henrique, que completou 400 jogos pelo Cruzeiro.

Seis pontos à frente do time paranaense, que ocupa a nona posição, o time mineiro, quinto colocado com 48 pontos, busca somar o maior número de vitórias para terminar o campeonato em alta e manter o retrospecto positivo dentro de casa. Jogando no Mineirão, o time perdeu apenas dois jogos - para Chapecoense e Atlético Mineiro - no Brasileirão.

"A gente sabe da responsabilidade, da motivação que eles têm para enfrentar o Cruzeiro. Vamos buscar a vitória, que é o que nos interessa. Precisamos vencer dentro de casa para manter nosso retrospecto", afirmou o meio-campista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.