Henry teme perder faro de gol no Barcelona

Thierry Henry teme que sua capacidade defazer gols tenha sido prejudicada por jogar como ponta-esquerdaem vez de centroavante no Barcelona. "Honestamente, isso pode ser um problema", disse Henry aojornal de esportes L'Equipe, em entrevista na sexta-feira. "Quando (a França) jogou na Espanha em fevereiro, eu fiqueiperdido na frente, não sabia para onde correr. Meus reflexos emfrente ao gol não eram os mesmos", acrescentou. "Tomara que eu jogue na frente de novo pela seleção daFrança antes da Eurocopa." Henry se tornou o maior artilheiro da França em outubro ejá fez 44 gols em 98 partidas pela seleção. Ele continua sendo a primeira opção do técnico RaymondDomenech para a Euro 2008, em junho, apesar da concorrência deKarim Benzema, do Lyon, e do ressurgente Nicolas Anelka. O ex-atacante do Arsenal foi contratado pelo Barcelona noano passado, mas não correspondeu às expectativas dos fãs e damídia. "Não há comparação com o que eu fazia no Arsenal. Éimpossível", disse Henry ao L'Equipe. "Aqui, eu sou o cara que joga na esquerda, somente o caraque joga na esquerda. Mais uma vez, você não consegue fazertantos gols se começa a correr a 60 metros do gol, como eufaço", afirmou o francês. "Eu nunca corri tanto em toda a minha carreira." (Por Bertrand Boucey)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.