Alexandre Vidal/Fla Imagem
Alexandre Vidal/Fla Imagem

Hernane fará exame médico na terça-feira para saber se defende Flamengo

Atacante sofreu uma pancada no jogo contra a Cabofriense e pode ser desfalque no Carioca

AE, Agência Estado

31 de março de 2014 | 19h48

RIO - A equipe do Flamengo viajou nesta manhã de segunda-feira para Guayaquil, no Equador, onde vai enfrentar o Emelec na quarta. O jogo será decisivo para a continuidade do time na Libertadores. Caso percam, os cariocas estarão eliminados. Outra preocupação do time rubro-negro é o atacante Hernane, que sofreu uma pancada no jogo contra a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca, e pode ser desfalque.

Nesta terça-feira os médicos do clube vão avaliar se o jogar vai ter condições de jogo. Se não jogar, Hernane se juntará a um grupo de cinco importantes desfalques do Flamengo, que nem sequer viajaram para o Equador. Os laterais Léo Moura, Léo, André Santos, o meia Elano e o volante Cáceres, todos contundidos, foram vetados e seguirão se recuperando no Rio.

O Flamengo precisará vencer o Emelec para depois disputar com mais tranquilidade no Rio, contra o León, a vaga para a próxima fase da Libertadores. Um empate nesta quarta, porém, não seria ruim, pois com o resultado a equipe dependeria de si mesma para garantir presença nas oitavas de final. Ou seja, neste caso, teria de vencer o León na última rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.