Arquivo/AE
Arquivo/AE

Hernanes admite que precisou mudar de comportamento

'Percebi que era necessário voltar a fazer a cobertura e roubar bolas', disse o volante do São Paulo

AE, Agencia Estado

18 de agosto de 2009 | 12h00

O volante Hernanes, do São Paulo, admitiu que só conseguiu recuperar o bom futebol que o consagrou como melhor jogador do Brasileirão de 2008, eleito pela CBF, quando mudou a sua postura em campo.

Veja também:

linkWashington diz que São Paulo ajuda na sua boa fase  

linkRogério Ceni deve enfrentar o Fluminense na quarta  

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Percebi que era necessária uma doação maior. Voltei a fazer a cobertura, roubar bolas e isso também me ajudou a crescer novamente", afirmou o jogador, que apresentou uma melhora ofensiva e defensiva para ajudar o São Paulo a engrenar na competição nacional.

Nas últimas 12 partidas, Hernanes deu quatro assistências para gols. Na temporada, contabiliza 12 passes que resultaram em bolas na rede dos adversários. Já no setor defensivo, soma 34 desarmes no Brasileirão, ficando atrás apenas do zagueiro Miranda no time do Morumbi.

"O crescimento não foi só individual, foi coletivo. Quando as peças voltaram a se encaixar as coisas voltaram a fluir. Individualmente, o fator determinante foi uma mudança de comportamento. Muitas vezes deixamos de fazer coisas simples, que são muito importantes. Quando voltei a fazer essas coisas simples, que eu sempre fiz nos treinamentos, as coisas voltaram a acontecer, e com isso recuperei a confiança", ressaltou Hernanes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.