Hernanes conquista chefe no São Paulo

Hernanes ganha espaço no São Paulo, e não apenas pelo gol de fora da área que fez contra o Coritiba. O fato de jogar em várias posições agrada mais a Autuori do que a marcação de um gol ou outro. ?Prefiro um elenco menor, com jogadores versáteis do que um grupo inchado?, diz Autuori, referindo-se a Souza, Hernanes e Richarlyson.A possibilidade de se firmar como um curinga já começa a agradar Hernanes, apesar de afirmar sempre que deseja vencer como meia-esquerda. ?Essa é a minha posição de origem, a que eu mais gosto, mas posso mudar meus conceitos. Afinal, se o Autuori está me dando chances, tenho que aproveitar?, afirma o jogador de 20 anos.Se no domingo fez um gol atuando na lateral esquerda, na quarta-feira, contra o Corinthians, foi muito elogiado, atuando na lateral direita. E é essa a principal razão para aceitar abandonar a meia-esquerda. Afinal, Cicinho deixa o clube em janeiro e uma vaga se abre no time titular. ?Quem sabe eu não consigo me garantir por ali?, sonha Hernanes.Sonho maior é a compra de uma casa em Recife, para que os pais não precisem mais pagar aluguel. ?Lutei muito para conseguir um lugar no São Paulo. Vim para cá com 16 anos e fui reprovado no Corinthians, Santos e Juventus, antes de conseguir uma vaga aqui. Agora, continuo lutando para ajudar minha família.?Nesta terça-feira, os jogadores do São Paulo foram até Aparecida visitar a Basílica e agradecer à Padroeira do Brasil o título da Libertadores. ?Isso é comum no São Paulo, mesmo antes de eu chegar, e como tínhamos uma folga mantivemos a tradição?, disse Autuori.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.