Renata Lutfi/São Paulo FC
Renata Lutfi/São Paulo FC

Hernanes e Pratto não treinam e devem desfalcar São Paulo contra o Coritiba

Time de Dorival pode ter três baixas para o penúltimo duelo no Brasileirão, já que Petros está suspenso

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2017 | 15h49

O técnico Dorival Junior, do São Paulo, deve ter mais dois desfalques para o penúltimo compromisso do time tricolor no Brasileirão, no próximo domingo, diante do Coritiba, na capital paranaense. Além de Petros, suspenso, Hernanes e Pratto não devem viajar com o grupo no sábado, por causa de dores.

Hernanes: 'São Paulo esteve no fundo do poço e agora precisa voltar a subir'

O argentino não treina desde terça-feira. Ele revelou, após o empate por 0 a 0 com o Botafogo, que vinha jogando com dores e aguardava o término do sufoco em relação ao risco de rebaixamento no time, para "dar um tempo" e cuidar de sua coxa direita. Já Hernanes não treinou na quarta e nesta quinta, também tratando dores na coxa direita no Reffis do São Paulo. 

A principal dúvida para montar o time para duelo contra os paranaenses é a vaga do capitão. As principais opções que Dorival tem são Lucas Fernandes e Shaylon - que foram titulares no último jogo. Contra o Botafogo, o São Paulo não tinha Hernanes, que cumpria suspensão, e Cueva começou no banco, entrando no lugar de Lucas Fernandes no segundo tempo.

Para a vaga de Petros, a principal opções de Dorival é Araruna. Ele vinha sendo utilizado improvisado na lateral-direita, no lugar de Militão. Outra opção para atuar como volante são Júnior Tavares, e o próprio Militão - que é volante de origem -, mas as opções são pouco prováveis. Quem deve ganhar espaço contra o Coritiba é Brenner, no lugar de Pratto, que vem sendo testado como titular no lugar do centroavante. Gilberto é outra opção.

Na atividade desta quinta, feita com portões fechados, Dorival comandou uma atividade de jogadas de infiltração, em que o sistema ofensivo precisava passar pela marcação e finalizar quando estivesse cara a cara com os goleiros. Um coletivo complementou o trabalho, além de um exercício de finalização frontal da entrada da área.

Caso as ausências de Hernanes e Pratto sejam confirmadas, uma possível escalação do São Paulo para domingo tem: Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei; Araruna, Lucas Fernandes (Shaylon), Cueva; Marcos Guilherme e Brenner.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.