Rubens Chiri/ São Paulo
Rubens Chiri/ São Paulo

Hernanes jogou em três anos quase tanto quanto o São Paulo só em 2018

Calendário puxado do futebol brasileiro dificilmente permitirá que Profeta atue seguidamente

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

08 de janeiro de 2019 | 11h00

O retorno de Hernanes deixou o torcedor do São Paulo empolgado, mas é bom ele se acostumar a ver o camisa 15 com moderação na equipe. Apesar de estar bem fisicamente, o jogador de 33 anos vem atuando em ritmo diferente do futebol brasileiro. Em pouco mais de três anos, ele jogou 74 vezes. Para efeito de comparação, apenas em 2018, o clube tricolor disputou 64 partidas.

Quem mais jogou no ano passado foi Nenê, com 55 participações. A última vez que o Profeta chegou perto disso se deu na temporada 2012/13, pela Lazio: 53 jogos. De lá para cá, ele vem diminuindo sua presença em campo. Confira:

2013/14 (Lazio e Inter de Milão): 38 jogos

2014/15 (Inter de Milão): 36

2015/16 (Inter de Milão e Juventus): 24

2016/17 (Juventus, Hebei Fortune e São Paulo): 38

2018 (Hebei Fortune): 14

Lembrando que a temporada 2016/17 foi atípica porque Hernanes emendou o calendário europeu, com a ida para a China e o empréstimo ao São Paulo, ou seja, só alcançou 38 partidas porque atuou em três frentes. Já em 2018, ele sofreu com lesões e com a limitação de estrangeiros por jogo no Campeonato Chinês.

Apresentado oficialmente na última segunda-feira, o jogador despistou sobre qual função exercerá no time, mas até pela questão física, é provável que atue mais próximo da área adversária, como armador. Se jogar como segundo volante, certamente vai se desgastar mais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.