Rubens Chiri/ São Paulo
Rubens Chiri/ São Paulo

Hernanes jogou em três anos quase tanto quanto o São Paulo só em 2018

Calendário puxado do futebol brasileiro dificilmente permitirá que Profeta atue seguidamente

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2019 | 11h00

O retorno de Hernanes deixou o torcedor do São Paulo empolgado, mas é bom ele se acostumar a ver o camisa 15 com moderação na equipe. Apesar de estar bem fisicamente, o jogador de 33 anos vem atuando em ritmo diferente do futebol brasileiro. Em pouco mais de três anos, ele jogou 74 vezes. Para efeito de comparação, apenas em 2018, o clube tricolor disputou 64 partidas.

Quem mais jogou no ano passado foi Nenê, com 55 participações. A última vez que o Profeta chegou perto disso se deu na temporada 2012/13, pela Lazio: 53 jogos. De lá para cá, ele vem diminuindo sua presença em campo. Confira:

2013/14 (Lazio e Inter de Milão): 38 jogos

2014/15 (Inter de Milão): 36

2015/16 (Inter de Milão e Juventus): 24

2016/17 (Juventus, Hebei Fortune e São Paulo): 38

2018 (Hebei Fortune): 14

Lembrando que a temporada 2016/17 foi atípica porque Hernanes emendou o calendário europeu, com a ida para a China e o empréstimo ao São Paulo, ou seja, só alcançou 38 partidas porque atuou em três frentes. Já em 2018, ele sofreu com lesões e com a limitação de estrangeiros por jogo no Campeonato Chinês.

Apresentado oficialmente na última segunda-feira, o jogador despistou sobre qual função exercerá no time, mas até pela questão física, é provável que atue mais próximo da área adversária, como armador. Se jogar como segundo volante, certamente vai se desgastar mais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.