Hernanes teme sentir falta de ritmo de jogo no domingo

Depois de ficar um mês com a seleção olímpica, Hernanes voltou ao São Paulo contra o Santos. E jogou mal. Novamente convocado, desta vez para o time principal de Dunga, ficou dez dias apenas treinando e não entrou em campo. Por isso, o jogador teme ter dificuldades para jogar bem na partida contra o Flamengo, domingo, no Morumbi."Viajei, não treinei muito e perdi ritmo de jogo", reconheceu o jogador. "Este tempo foi bom para descansar, mas provavelmente irei sentir a diferença dentro do campo."O técnico Muricy Ramalho vê Hernanes como um jogador diferenciado, o melhor volante do futebol brasileiro. A preocupação, porém, é que o atleta não possa dar a melhor contribuição para o time. "Quando ele fica afastado sente muito", afirmou o treinador. Hernanes não tem idéia de como estará na hora do jogo. "Vamos esperar para ver", disse, com cautela. "Agora não adianta falar", afirmou o volante, que vai atuar ao lado de Jean e Hugo no meio-de-campo do São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.